domingo, novembro 13, 2005

Sábado à tarde


Tarde de sábado primaveril... Meio besta usar esse primaveril pra uma tarde sabatina, mas era assim que estava a tarde ontem.

Da porta da cozinha podia ver as bezerras maiores deitadas, de barriga cheia, tranqüilas. O Brioso pastando por perto, esquecido da carroça. As vacas no pasto da macaúba, galos e galinhas mais fazendo o footing passeando – afinal, era sábado – do que procurando o que comer. Passarinhos indo e vindo, cantando, piando, gritando. Os cachorros dormindo. Temperatura gostosa, brisa agradável... e 300 km de estrada pela frente.

Tão logo a gente tenha a internet por rádio, mudamos. Isso, sim, faz todo o sentido do mundo.

Um comentário:

Kika® disse...

Nossa, amei os filhotes! Não dá mesmo pra trabalhar com essas coisas tão fofas nos rondando e implorando pra que fiquemos tirando milhares de fotos...rs.