sexta-feira, fevereiro 03, 2006

Matadouro Municipal, casa de cultura

.





O Grupo André Maggi, através da Fundação André Maggi, recebeu esse velho prédio, construído em 1919, em comodato, com a aprovação da prefeitura, da Câmara e de entidades ligadas à cultura em Itacoatiara.



Caindo aos pedaços, desmanchando-se lentamente para cumprir a velha máxima: do pó vieste e ao pó voltarás, era abrigo de marginais.

Agora, um bocado de gente trabalha na recuperação do prédio, respeitando sua arquitetura e características originais.

Só não será seguida sua velha e triste função, servir de local para o abate de bois.

É interessante notar que suas janelas - e o jeitão como um todo - guardam semelhanças com a Casa da Borracha.

Também interessantes e bonitos são os detalhes das grades de proteção, ou mais de embelezamento, na verdade, nas janelas.

Não demora muito, o velho Matadouro será um Centro de Cultura.

Como será, o que fará, o que terá e mostrará eu não sei, é cedo ainda.

De pronto assim, já é bom demais saber da sua recuperação.

Mais pra frente o povo de Itacoatiara vai decidir o que fazer e mostrar em suas dependências.



.

Um comentário:

Nelsinho disse...

Caro Emerson,

Você tem vindo a fazer uma reportagem linda, com belas fotos.
Confesso que o Amazonas, com seu calor húmido, não é uma região que eu tenha paixão por visitar mas, paradoxalmente, fotos e causos desses lugares me atraem!

Grande abraço

Nelsinho