terça-feira, outubro 25, 2005

Encalhe no Tapajós





Nas gaiolas se vive.


Crianças são concebidas, nascem, crescem, vivem, saem para ir à escola, voltam, viajam, acompanham o rio, levam gente, levam cargas, levam bichos.



E agora, sem água, nada levam. Nem elas se levam pra parte alguma.

.

2 comentários:

Ana disse...

:(

Nelsinho disse...

Emerson,

É a primeira vez que entro no seu blog, atraido até pelas suas explicações na Cora sobre o problema da aftosa.

Essa imagem do Tapajós é impressionante! Míseros tempos parecem estar nos caminhos deste pobre agredido planeta, que será um lugar muito inóspito para todos os seres biológicos que lograrem sobreviver...

Nelsinho